Review |The Flash – The Sound and the Fury

The Flash S01E11
Na minha opinião o nome deste episódio poderia ser “Chess” (Xadrez). Achei bem interessante a maneira como o embate com o vilão foi comparada com uma partida de xadrez, as investidas,  sacrifícios e as jogadas planejadas.
O flautista é apresentado e ao invés de ele utilizar uma flauta sônica ele utiliza luvas sônicas com ornamentos no formato de pequenas flautas.
A maneira como os flashbacks foram utilizados para explicar a origem do vilão e os acontecimentos que resultaram na explosão com o acelerador de partículas lembrou muito a maneira como esse mesmo artificio é utilizado em Arrow. Ponto para a produção. Dr. Wells usou os poderes de flash reverso sem a roupa por mais de uma vez no episódio. Além disso, foi interessante ver os poderes falhando como se estivesse faltando bateria.Uma coisa boa: A “selfie” no inicio do episódioUma coisa ruim: muito mimimi na cena onde Dr. Wells discuti com a equipe S.T.A.R  o seu segredo profundo. Poxa! o acelerador deu errado e a culpa já era dele, ele admitir ou não realmente faz diferença?

Fecho este review comentando o envolvendo do Dr. Wells/flash reverso com o arco maior da serie. No inicio achei estranho ver Dr. wells correndo como flash sem utilizar a roupa amarela, eu pensava que os poderes estavam restritos as vestes do flash reverso. Me deixei enganar pelo fato da roupa amarela aparecer diversas vezes com um dispositivo preso ao tronco, que parecia ser o concentrador da força da aceleração. Achava que o aparelho concentraria os poderes na roupa e não na pessoa, mero engano.
Por fim, o ultimo comentário do arqui vilão (ou não) é bem curiosa. Seria Dr. Wells um Flash reverso fake e estaria ele ajudando (à sua forma) Barry a se preparar para a chegado do verdadeiro Professor Zoom?

crodrigom Author

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *