Diário de um Viciado em Séries: Marvel’s Jessica Jones

Já se passaram quase 03 meses desde que Jessica Jones teve seus episódios liberados, então  já é hora de nós falarmos dela aqui e não será nenhum pecado se nós dermos alguns spoilers aqui sobre o que acontece na série.

Nesse primeiro momento vamos focar na diferença entre a série e as HQ’s, e então em um segundo momento falarei a minha opinião em si, até por que essas diferenças influenciaram muito a minha opinião.

Nas HQ’s seu nome completo é Jessica Campbell Jones. Seu pai biológico era funcionário de Tony Stark. Um belo dia eles ganharam entradas free para a Disneylândia (aquela que fica na Califórnia). Como um bom pai, ele levou Jessica e seu irmão para conhecer Mickey Mouse. Na viagem de volta, no caminho para casa, durante uma briga entre Jones e seu irmão, acaba ocorrendo um acidente entre o carro da família e um caminhão que carregava ilegalmente substâncias tóxicas matando toda a família, com exceção de Jessica que entrou em um profundo coma. Após um longo período desacordada em um hospital, ela desperta durante a luta entre os herois da Terra (Quarteto Fantástico) e Galactus devido a grande energia liberada. Quando ela acorda, percebe que ganhou super-poderes. Jessica é colocada em um orfanato e então é adotada pela família Jones.

Jessica Jones

 Já na na TV isso muda um pouco de figura … Na série da Netflix, a família biológica de Jessica é a própria família Jones. Ainda nessa temporada nada é dito sobre quem é o empregador do pai dela, e a viagem à Disneylândia é algo que fica implícito. Com isso quem acaba adotando Jessica é Dorothy Walker, a mãe aproveitadora de Patricia “Trish” Walker. Trish se torna então a melhor amiga e uma das pessoas mais importantes na vida de Jessica. Nas HQ’s essa pessoa na verdade é Carol Danvers, a Miss Marvel.

Jessica Jones

A série faz uma pequena menção sobre os tempos de Jessica como a vigilante Safira. Uma das poucas coisas que é fiel as HQ’s é o uniforme que ela usa como Safira, e na real, nós nem vemos Jessica usando ele. Seus poderes são: Voo, super-força e resistência. A Netflix prefere dizer que ela tem um super-pulo ao invés de voar.

O Homem Púrpura, grande arquiinimigo da protagonista, na verdade é Zebediah Killgrave, um espião soviético que recebeu a missão de se infiltrar em um laboratório do exército americano para roubar a amostra de um gás experimental. Ao entrar no laboratório, ele foi descoberto por um guarda, que disparou em direção a ele mas acertou o recipiente do gás em forma líquida, o conteúdo do recipiente caiu sobre Killgrave, impregnando todo o seu corpo de uma coloração roxa. Além disso, ele ganhou as habilidades de implantar vontades e controlar a mente de outros.

Jessica se liberta com a ajuda de Visão, Feiticeira Escarlate e Jean Grey. Isso aconteceu quando ela recebe a ordem de matar o Demolidor, mas acaba invadindo a Mansão dos Vingadores. Nessa ocasião ela ataca a Feiticeira Escarlate e então é atacada por Visão, entrando assim em coma. Durante esse coma, Jean ajuda ela a se restabelecer e cria nela barreiras para que ela posso suportar novos encontros com Killgrave.

Jessica Jones

Já na série a origem do Killgrave é COMPLETAMENTE diferente. Zebediah Killgrave na verdade é Kevin Thompson, filho de um casal de cientistas que descobrem que tem um doença grave e rara. Mediante isto eles submetem o filho a vários testes dolorosos afim de tentar salvá-lo, porém acabam só piorando a situação. Kevin se torna uma pessoa impulsiva, de personalidade difícil e completamente fora de controle. Kevin ganha a habilidade de poder implantar vontades e desejos nas pessoas, de acordo com o que ele quer, basicamente um controle da mente. Nós últimos episódios descobrimos que seu organismo cria um vírus que infecta suas vítimas, por isso elas fazem a sua vontade. Jessica se torna uma de suas vítimas, sofrendo uma série de abusos sexuais de Killgrave, porém ela consegue se libertar após um acontecimento traumático, quando ela mata a esposa de Luke Cage, ficando assim imune ao vírus do Homem Púrpura.

Aliás, todo o arco envolvendo Luke Cage é completamente inventado, com exceção dos seus poderes. Outro personagem que é muito diferente das HQ’s é Jeri Horgath que é um homem, e na série o personagem é um mulher (ok, ela é lésbica).

  • Agora vamos a minha opinião …

Jessica Jones é uma série bem feminista, no sentido de que vemos muito a filosofia de “As Garotas no Poder”. Não que isso seja ruim, precisamos ver mais sereis assim, valorizando personagens femininas. Todos os arcos e tramas circundam as personagens femininas, que são as personagens principais. Até o próprio vilão faz tudo que faz para conseguir a atenção da heroína. Ela trata bastante da temática dos abusos que as mulheres vem sofrendo hoje em dia. A questão do abuso sexual também é um tema bastante recorrente. Falando em heroísmo, Jessica não é bem uma heroína, ela é “gente como a gente”, que usa o mesmo jeans velho, surrado e amarrotado para trabalhar todos os dias. Mas mesmo com tudo isso, Jessica Jones não foi uma série que me cativou. Ela tem um início bem lento, e as coisas só vão ficar melhores após o 7º episódio. Eles conseguem manter uma boa linha até o 10º episódio, e então a série cai na lentidão novamente. Além disso, tem todas as questões que eu apontei no primeiro momento. A Jessica, e seu núcleo, da TV são bem diferentes da Jessica das HQ’s.

  • Um personagem favorito? …

Diria que Killgrave é meu personagem favorito. No fundo, ele só que encontrar alguém que de a ele o amor e carinho que ele não recebeu dos pais. Mas vamos fazer justiça, a atuação de Krysten Ritter está muito boa, o problema é que a Jessica é bem chatinha mesmo.

  • Episódio Favorito? …

Honestamente … Nenhum. Não veria nenhum novamente.

  • Jessica Jones ou Demolidor? …

Veja bem, uma série é completamente diferente da outra, porém como comparações são inevitáveis, vou usar como critério o “Padrão Netflix” de séries, então, mesmo que Jessica seja muito mais “BadAss” que Matt Murdock, eu ainda acho que o Demolidor é BEM melhor.

Jessica Jones tem 13 episódios disponíveis na Netflix e já tem uma segunda temporada confirmada.No elenco temos Krysten Ritter (Jessica Jones), Mike Colter (Luke Cage), Rachael Taylor (Patricia “Trish” Walker), David Tennant (Homem-Púrpura), Eka Darville (Malcolm), Erin Moriarty (Hope), Will TravalCarrie-Anne Moss.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *