Crítica | A Bruxa (The Witch, 2015)

A Bruxa (The Witch) é um filme clássico de terror psicológico. Quando começamos assistir, temos a sensação de estar na época que a trama se passa, em 1630, o que o torna incrível e surpreendente. Um filme feito com todo cuidado do mundo, dirigido e roteirizado por Robert Eggers, seu primeiro longa na carreira. Eggers passou 4 anos pesquisando documentos históricos para fazer esta obra.

Se você é daqueles acostumado com sustos e gritaria, não assista. Este longa é realmente diferente do que estamos acostumados a ver. A Bruxa é o filme deste gênero que mais vem recebendo críticas positivas, teve uma aceitação enorme. Um filme que custou 1 milhão de dólares e vem abarrotando gente nas salas de cinema e na primeira semana em cartaz já pagou com sobra o custo do filme.

O desfecho do longa deixa até uma brechinha para ter uma possível continuação. A trama foca numa família que é expulsa do condado aonde moram por não seguirem fielmente o cristianismo da época e em um julgamento realizado pelos responsáveis do condado decidem expulsar a família que vai em busca de abrigo num lugar bem distante da cidadela e acabam achando um casebre com um celeiro, no qual a vizinha deles é uma floresta  extremamente assustadora.

A Bruxa

Aos poucos Eggers vai evoluindo a participação dos personagens e elevando o grau da trama misturando terror psicológico com eventos sobrenaturais. A trilha sonora é digna de um verdadeiro clássico de terror e a fotografia perfeita te arremetendo à época do interior da Inglaterra do século 17.

A família é formada pelos pais Katherine (Kate Dickie – Prometheus) e William (Ralph Ineson – Harry Potter e as Relíquias da Morte: Parte 1 e 2), a filha mais velha Thomasin (Anya Taylor – Joy), o do meio Caleb (Harvey Scrimshaw) e os gêmeos caçula Jonas (Lucas Dawson) e Mercy (Ellie Grainger) e mais o bebê Sam que ao brincar com a sua irmã Thomasin inexplicavelmente some. O pai William acaba achando que o bebê foi levado por lobos mas nem todos os integrantes da família estão certos disso.

The Witch

Um filme que vai agradar pessoas que gostam de um terror psicológico com suspense e drama de primeira linha, você irá ficar vidrado na poltrona querendo saber o desenrolar do longa e o desfecho do filme. Vale uma observação, a atuação dos atores foi esplêndida, todos impecáveis até mesmo os mais inexperientes como os os filhos do casal que não tinham um filme em seus currículos, aí que você vê mais uma vez o dedo de Eggers, um promissor diretor no mercado de filmes de terror. A Bruxa foi produzido pela empresa brasileira RT Features sob os cuidados de Rodrigo Teixeira (Tim Maia e Alemão) e distribuído mundialmente pela Universal Pictures.

CONFIRA O TRAILER ABAIXO:

Carlo Saleme Author

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *